Heading

Metamorfose de um Lugar

Museu das Alfândegas - Núcleo Museológico e Biblioteca

Edificado no século XIX, o edifício da Alfândega Nova do Porto foi projetado pelo arquiteto francês Jean Colson, na sequência do forte dinamismo mercantil que então caraterizava o Porto, centrado nas margens do Douro.

Mais de 150 anos depois, e após ter cumprido de forma intensa a sua função aduaneira, este imóvel está na base de uma nova metamorfose, adaptando-se à força da modernidade e às exigências necessárias a um espaço cultural da atualidade.

Num espaço nobre do segundo piso do edifício, com forte ligação visual ao Douro, peças de mobiliário, instrumentos de trabalho, fardamentos, imagens e documentos bibliográficos diversos guardam a memória de rotinas, de sons e vivências de outros tempos, os tempos em que o negócio se legitimava pelo poder da imposição do selo.

Se a memória é vivificada pelo diversificado e histórico património físico e humano associados à dinâmica aduaneira, o presente e o futuro perspetivam-se à luz dos esquissos do arquiteto Eduardo Souto de Moura e do intenso programa cultural dinamizado pelo Museu dos Transportes e Comunicações.


A exposição está estruturada em 5 Núcleos:

Núcleo I
Porto: uma cidade de comércio
A Produção dos Lugares: a cidade, o rio e o sítio de Miragaia

Núcleo II
As Alfândegas e o corpo do comércio portuense
O sistema alfandegário na construção do estado e da economia nacional
Do "Almazem" de D. Afonso IV à Alfândega Velha e aos múltiplos armazéns
Rumo à Nova Alfândega
A Nova Alfândega vem para Miragaia - o reordenamento urbano e o efeito sanitário

Núcleo III

A Alfândega Nova - imagens de um organismo
A construção do edifício - espaços e estruturas gerais
As comunicações (Rua Nova e via férrea)
Os recursos humanos
Ambientes e objetos

Núcleo IV

Memórias do sistema alfandegário
Trajetória histórica
O império dos símbolos

Núcleo V
Os novos usos de um edifício histórico - o Museu dos Transportes e Comunicações
As novas configurações do comércio externo e o destino do edifício
Recuperação dos espaços
O edifício e os seus usos


Junto à exposição, a Biblioteca do Museu da Alfândega permite conhecer e consultar um variado conjunto de documentos que revelam os conhecimentos necessários à atividade aduaneira.


Aberta ao público a 18 maio 2006.



Fotografia © Ivo Canelas
Fotografia © Ivo Canelas
Fotografia © António Chaves
Fotografia © António Chaves
Fotografia © Ivo Canelas
Fotografia © Ivo Canelas
Fotografia © António Chaves
Fotografia © António Chaves
Scroll